Ratinho puxa forte o saco de Bolsonaro que até saiu leite condensado [vídeo]

Compartilhe agora

O apresentador Ratinho, do SBT, perdeu a noção do ridículo –se é que ele já teve algum dia.

O pai do governador do Paraná puxou tão forte o saco do presidente Jair Bolsonaro que até saiu leite condensado.

Segundo o apresentador Ratinho, o presidente e o Ministério da saúde tem sido depreciados.

“O governo federal já garantiu mais de 300 milhões de doses de vacina”, disse o apresentador, sem se preocupar com a verdade.

De acordo com o epidemiologista Paulo Lotufo, professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o ritmo de vacinação no país está simplesmente péssimo. Até agora, apenas 1,5 milhão de brasileiros foram imunizados.

“O ritmo de vacinação no país está simplesmente péssimo. Nós já deveríamos ter utilizado pelo menos todo esse primeiro lote de 6 milhões de doses da CoronaVac, do Instituto Butantan e da Sinovac”, disse o epidemiologista.

Ratinho ainda misturou os baralhos ao xingar de “vagabundos” aqueles que furam a fila da vacina e fraudam a compra de respiradores.

O apresentador atacou a justiça, a oposição, a imprensa, governadores, que, segundo Ratinho, se uniram contra Bolsonaro.

Ratinho não conta no vídeo que o presidente Jair Bolsonaro fez campanha contra as vacinas, aglomerou, não usou máscara, e só mudou de ideia depois ler as pesquisas de opinião.

A postura do presidente era acentuadamente negacionista e ele continua minimizando os efeitos da pandemia ao sonegar o auxílio emergencial para os mais pobres.

Em tempo: o governo federal é um dos anunciantes fortes no SBT de Ratinho.

Assista ao vídeo de Ratinho puxando o saco de Bolsonaro: