Moro pode afrouxar a tanga para Bolsonaro, diz Globo

Compartilhe agora

O jornalista Lauro Jardim, d’O Globo, diz que o ex-ministro Sergio Moro pode afrouxar a tanga para o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o colunista do jornalão carioca, Moro revelou a amigos próximos seus planos para 2022, que não seriam disputar as eleições presidenciais.

De acordo com Lauro Jardim, Moro estaria disposto a apoiar Bolsonaro em troca da indicação para o Supremo Tribunal Federal.

Pela vaga do STF, diz o jornalista do Globo, o ex-juiz realizaria o seu grande sonho. “Jair Bolsonaro prometeu e… deu no que deu.”

O próximo ministro a aposentar é Marco Aurélio Mello, no dia 12 de julho deste ano.

Sergio Moro deixou o governo em abril de 2020 atirando no chefe. A desavença público foi acerca do controle político da Polícia Federal.

Moro com a palavra

O ex-ministro Sergio Moro jurou neste domingo (10/01) que Lauro Jardim está apenas fofocando, mas, por outro lado, o grupo Globo conhece como ninguém os passos do moço da Lava Jato. Eles [Globo e Moro] foram parceiros nas pilantragens desde o golpe de Estado em 2016 e na fraude que elegeu Bolsonaro em 2018.

“Leio há semanas no Lauro Jardim informações sobre o que eu supostamente irei fazer da minha vida no futuro e publicadas sem me consultar. Esclareço que, como já falei aqui, estou trabalhando no setor privado, ajudando as empresas em políticas anticorrupção. Ponto. O resto é boato”, escreveu Moro.