Gleisi Hoffmann pede foco da oposição no impeachment de Jair Bolsonaro

Compartilhe agora

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), disse que pedirá aos líderes de oposição no Congresso Nacional foco nas articulações pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

A dirigente petista também disse que os oposicionistas planejam uma visita à embaixada da China, em Brasília, para reformar os pedidas por vacina.

Bolsonaro perdeu interlocução com o país asiático, principal parceiro comercial do Brasil, devido reiteradas agressões de integrantes do governo e dos filhos do presidente da República.

Gleisi disse ainda que a oposição vai protocolar uma CPI para investigar o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e forçar a convocação de sessão extraordinária na Câmara e no Senado durante a pandemia.

“Hoje temos reunião da oposição no Congresso Nacional”, comunicou Gleisi. “Minha proposta é focar nas articulações para o impeachment, marcar visita a embaixada da China, para reforçar os pedidos por vacina, apresentar CPI para Pazzuelo e forçar a imediata reabertura das sessões legislativas”, completou a presidenta do PT.

Mortes por asfixia no Pará e no Amazonas

Gleisi Hoffmann foi às lágrimas ao comentar a falta de oxigênio para os pacientes nos estados do Pará e Amazonas (Manaus).

“Tristeza saber de mais mortes por falta de oxigênio, 7 pessoas da mesma família no Pará. Que dor! Casos só crescem e para completar não vai ter vacina para todos. Ministro general sabia do colapso na saúde, não agiu nem comprou vacina logo. O povo está abandonado à própria sorte!”, expressou a petista.

Gleisi disse que, assistindo reportagem das mortes por falta de oxigênio no AM e PA, lhe deu muita raiva e tristeza de saber que no Paraná tem fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Petrobras, fechada há 1 ano, com todos os equipamentos, que poderia produzir oxigênio já. “É muito criminoso”, declarou, referindo-se ao governo Bolsonaro.