Donald Trump perto de levar mais um ‘pé na bunda’ nos Estados Unidos

Compartilhe agora

O ainda presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está muito perto de levar mais um ‘pé na bunda’ a duas semanas de deixar a Casa Branca.

Nesta quarta-feira (6), salvo surpresa de última hora, os democratas irão vencer as duas cadeiras no Senado disputadas pelo segundo turno na Geórgia. Com isso, o presidente eleito Joe Biden terá o controle da Câmara e do Senado.

Hoje, o Congresso Nacional se reúne em Washington para certificar a vitória de Joe Biden como o 46º presidente americano. No entanto, Trump tentará colocar água no chope do democrata –embora seja uma realidade distante.

Um grupo de 150 senadores e deputados republicanos se esforçarão para adiar o processo de confirmação de Biden com o objetivo de mudar o resultado eleitoral.

Trump tem convocado seus seguidores a marcharem até a Casa Branca para pressionar o congresso. Ontem (5), a polícia prendeu um dos apoiadores do presidente, acusado de vandalismo e de violência nos protestos.

“Vamos salvar a América”, convoca Trump.

O presidente Donald Trump também luta para que o vice-presidente Mike Pence participe do golpe, isto é, não reconheça a vitória de Biden. Caberá a Pence, na sessão do Congresso, a certificação do resultado eleitoral.

O movimento articulado por congressistas leais a Trump tem força para abalar os alicerces da democracia americana.

Mas é mais provável que, hoje, Trump leve mais um pé na bunda no Congresso. O primeiro foi no voto popular, que deu vitória para Biden.