Depois de se afastar de Bolsonaro, Tubarão sobe para a Série B do Campeonato Brasileiro

O presidente Jair Bolsonaro é mesmo a encarnação do “Mick Jagger” na política e no futebol. Em 2019, após vestir a camisa do Londrina, o Tubarão, o time do Norte do Paraná caiu para a terceira divisão –a Série D do Campeonato Brasileiro.

Nesta temporada de 2020, no entanto, o Tubarão foi mais esperto e se distanciou do “Mick Jagger” e, depois de vencer por 1 a 0 o Remo, o Londrina está de volta à Série B do Brasileiro.

Parabéns ao Londrina. Que sirva a lição: não se misture com quem lhe dá azar em campo; use uma réstia de alho durante os jogos.

A mesma sorte [ainda] não teve o Cruzeiro, que completou 100 anos de existência. O time mineiro luta para permanecer na Série B.

Na 13ª posição, o Cruzeiro tem 44 pontos e está a seis do Vitória, o 17º colocado, ou seja, o primeiro time no Z-4, com 38 pontos.

As chances do Raposa cair para a Série D, segundo os matemáticos, é baixa: 0,077%.

Na virada de 2020 para 2021, o presidente Bolsonaro novamente surgiu com a camisa do Cruzeiro durante a transmissão de uma live ao lado de seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Ou seja, Bolsonaro dá azar na política, na economia, na saúde, na educação e no esporte.

Crendiospai!