Centrais Sindicais definem auxílio emergencial e vacina como eixos estratégicos em 2021

Compartilhe agora

O Fórum das Centrais Sindicais (CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST e CSB) divulgou nesta quarta-feira (6) um documento no qual lista as prioridades para 2021.

No documento, as centrais apontam cinco eixos estratégicos de atuação, negociação e mobilização unitária: 1) Vacina já para todos; 2) Manutenção do Auxílio Emergencial de R$ 600 e Proteção dos Empregos/Salários; 3) Mais Empregos; 4) Campanhas de solidariedade; 5) Fortalecimento da organização sindical e da negociação coletiva.

“Essa agenda deve ser mobilizadora da ação sindical em todos os níveis, na interlocução com prefeitos recém-empossados, com governadores e empresários, assim como na articulação com os movimentos sociais e populares, e com as entidades da sociedade civil”, afirma o Fórum no documento.

As entidades também vão dar especial atenção ao processo de eleição da presidência da Câmara dos Deputados e do Senado que ocorrerá no dia 1º de fevereiro. Os candidatos das duas Casas receberão imediatamente as diretrizes unificadas do Fórum.

Leia o documento na íntegra:

Diretrizes-Forum-das-Centrais