Carreata nacional pela ‘Vacina Já’ foi adiada para dia 31 de janeiro

A carreata nacional pela Vacina Já foi adiada para o próximo dia 31 de janeiro, segundo os organizadores da manifestação pela imunização universal contra a Covid-19.

O educador Rodrigo Tomazini, de Curitiba, disse que o evento foi transferido do dia 24 para 31 por causa da segunda prova do Enem.

“Dia 24 teremos prova do Enem e gostaríamos da presença dos pais e dos alunos nessa carreata pela vacina”, justificou Tomazini.

No Facebook, o evento ganhou a página “Vacina gratuita e para todos já”.

Nesta terça-feira (12), o Brasil somou 204.690 mortos e 8.195.637 casos de covid-19.

O presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, seguem sabotando o plano nacional de vacinação.

Países mais pobres que o Brasil, a exemplo de Cuba, Venezuela, Costa Rica, Irã, dentre outros, já anunciaram sua campanha de imunização.

Leia a íntegra do comunicado da organização do carreata nacional, no Facebook:

Não podemos mais ficar aguardando a iniciativa de nossos governantes. Por isso, convidamos as pessoas de nosso país para lutar pela vacina contra o COVID-19.

Nossa primeira ação será uma carreata nacional, que está programada para o dia 31 de janeiro.

Essa iniciativa surgiu a partir de cidadãos comuns que estão sofrendo os impactos da pandemia no seu cotidiano e preocupados com o futuro.

Como participar?

Convide amigos, divulgue nas redes sociais. Converse com as pessoas da sua cidade para organizar uma carreata.

Apesar de chamarmos de “carreata”, vá de bicicleta, de moto, de carro ou de caminhão. Só não vale ir a pé e fazer aglomeração!

Vacina gratuita e para todos já