Bolsonaro privatizou a vacina contra a covid-19

Se você quer entender na prática o que é Estado mínimo, neoliberal, basta olhar para o presidente Jair Bolsonaro. Ele faz um desgoverno com o Estado mínimo para o povo e Estado máximo para os bancos. A sabotagem com o plano de vacinação nacional completa a obra. Bolsonaro privatizou a vacina contra a covid-19. Um horror.

Um pool de clínicas particulares negociam a compra de 5 milhões de doses de uma vacina produzida na Índia, do laboratório Bharat Biotech, aprovada para uso emergencial naquele país asiático.

Na falta de governo no Brasil e prevalência do Estado mínimo, a Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) articula a compra de 5 milhões de doses do imunizante Covaxin.

Em nota, a ABCVAC afirma que: “Inicialmente a notícia era a de que as clínicas privadas brasileiras não teriam doses disponíveis (…) com a entrada desse novo player no mercado, tivemos a oportunidade de negociação”.

A entidade vê a vacinação como uma oportunidade de ganhar dinheiro com a covid-19, a exemplo dos bancos que ganham alto com a pandemia durante o desgoverno Bolsonaro.

O esquema vai funcionar assim: quem tiver dinheiro, muito dinheiro, poderá comprar a dose da vacina e se imunizar. Quem não tiver condições, morrerá por covid.

As clínica privadas viam o mercado todo “comprometido com demandas do governo”, por isso elas buscaram essa alternativa na Índia para venda privada da vacina.

“Clínicas particulares negociam compra de 5 milhões de doses de vacina contra Covid. Não vamos deixar a saúde ser tratada como mercadoria!”, reagiu o deputado Paulo Pimenta (PT-RS). “A imunização da população deve seguir os critérios do SUS e privilegiar as pessoas dos grupos de risco”, disse.

Por outro lado, a corrida de privados brasileiros às vacinas estrangeiras mostra como a falta de desenvolvimento –provocada pelo Estado mínimo– compromete a soberania de um país. Uma nação desenvolvida é capaz de produzir seus próprios imunizantes, mas, porém, Bolsonaro devolveu o Brasil à era das carroças.