Vem aí Renan Calheiros para a presidência do Senado

Compartilhe agora

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a ser cotado para a presidência do Senado. A eleição vai ocorrer em fevereiro do ano que vem.

Neste domingo (6), no plenário virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu a reeleição de Davi Alcolumbre (DEM-AP) no Senado e de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Câmara.

Sem Alcolumbre, Renan pode retomar o comando do Senado.

No início de 2019, Renan Calheiros desistiu do bate-chapa com Davi Alcolumbre, que foi eleito com 42 votos dos 81 senadores.

Calheiros, por sua vez, se aproximou do presidente Jair Bolsonaro e coloca no tabuleiro de xadrez a reeleição do mandatário nas eleições de 2022.

Kassio Nunes ‘apanha’ nas redes sociais por voto no STF segundo o desejo de Bolsonaro

Perdeu, Maia. Perdeu, Alcolumbre. STF proíbe reeleição na Câmara e no Senado

‘O que é de Maia está guardado’, diz líder do governo na Câmara