Sergio Moro e André Mendonça, ministro da Justiça, batem boca nas redes sociais

O k-suco ferveu na noite desta segunda-feira (28). O ex-ministro Sergio Moro e o atual titular da Justiça, André Mendonça, bateram boca nas redes sociais.

A confusão começou com Moro perguntando se tinha governo em Brasília, após criticar a demora na vacinação.

Mendonça tomou as dores do chefe, Jair Bolsonaro, e questionou o antecessor se ele tinha legitimidade para cobrar algo porque havia manchado a biografia.

“Alguém de quem tanto se esperava e entregou tão pouco na área da Segurança?”, perguntou o ministro da Justiça.

“Quer cobrança? Por que em 06 meses apreendemos mais drogas e mais recursos desviados da corrupção que em 16 meses de sua gestão?”, devolveu Mendonça.

Moro então retrucou dizendo André Mendonça sequer teve força para indicar o diretor da Polícia Federal ou defender a execução antecipada da pena, aliás, tema já superado no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Ministro, o senhor nem teve autonomia de escolher o Diretor da PF ou de defender a execução da pena da condenação em segunda instância (mudou de ideia?), então me desculpe, menos. Faça isso e daí conversamos”, disse Sergio Moro.