Rio de Janeiro fecha escolas e abre shoppings 24h por dia para conter avanço da pandemia

O governo e a Prefeitura do Rio de Janeiro se uniram neste final de ano para combater o avanço da pandemia. Em ações conjuntas, o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e o governador em exercício do RJ, Cláudio Castro (PSC), decidiram suspender as aulas presenciais e abrir os shoppings 24h por dia.

Segundo os dois chefes do poder executivo, o funcionamento de shoppings e centros comerciais durante 24 horas por dia irá reduzir o número de clientes ao mesmo tempo nos estabelecimentos, devido ao aumento de demanda por conta das compras de Natal.

Já a a suspensão de aulas em escolas públicas de todo o estado a partir de segunda-feira (7) tem como objetivo reduzir aglomerações no transporte público.

Na capital e no interior do estado do Rio, segundo Crivella e Castro, houve explosão de novos casos da doença, internações e mortes.

O prefeito e o governador também anunciaram a abertura de novos leitos na rede pública para lidar com o crescimento de casos de covid-19.

Governo do Paraná adia prova PSS para dia 20 de dezembro

Paraná Pesquisas: esquerda unida derrotaria Bolsonaro em 2022

Brasília privatiza companhia de energia em meio à ameaça de apagão