Presidente da França, Emmanuel Macron, testou positivo para Covid-19

O presidente francês Emmanuel Macron testou positivo para Covid-19 nesta quinta-feira (17), de acordo com um comunicado do governo da França. O líder francês tem 42 anos de idade.

“De acordo com as normas sanitárias em vigor, e aplicáveis a todos, o presidente da República se isolará por sete dias. Ele vai continuar trabalhando e exercendo suas atividades à distância”, declarou o Palácio do Eliseu, sede da presidência.

O documento não cita se a primeira-dama, Brigitte Macron, também foi testada. Com 67 anos, ela faz parte do grupo de risco para a Covid-19.

Isolamento e trabalho remoto

Jean Castex, primeiro-ministro francês, confirmou o diagnóstico presidencial e disse que Macron seguirá despachando, em isolamento, de forma remota. Ele esteve em contato com o presidente da França e entrará em isolamento voluntário por sete dias.

Segundo o Eliseu, ainda não se sabe como Macron contraiu a doença, no entanto, ele teve diversas atividades públicas nas últimas semanas.

Na quarta-feira, Macron esteve em um evento público com o primeiro-ministro de Portugal, António Costa. O governo português ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Na semana passada, o presidente francês esteve em Bruxelas para um encontro com diversos líderes europeus.

Ao defender sua mulher, Macron pensa em Lula como substituto de Bolsonaro

Bolsonaro terá coragem de encarar Macron, olho no olho, na Assembleia-Geral da ONU?

Requião vê semelhanças de Macron com Bolsonaro, Temer e Doria