Por 80 votos a 0, PSB veta apoio a candidato de Bolsonaro na Câmara

A direção nacional do PSB, por unanimidade, aprovou resolução vetando apoio a candidato ligado a Jair Bolsonaro na disputa pela Câmara.

Por 80 votos a 0, os socialistas decidiram que não apoiam candidato ligado ao Palácio do Planalto nem pintado de ouro.

“É inadmissível (o apoio a um candidato do Planalto)”, disse Alessandro Molon (PSB-RJ), líder do partido na Câmara, ao destacar o rechaço geral a Bolsonaro.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, jogou a pá de cal nos bolsonaristas.

“A principal contradição que vivemos hoje é entre a democracia e o autoritarismo”, disse o dirigente socialista.

Na prática, o PSB sinaliza unidade com a esquerda e diz não ao Centrão, que apresentou o nome do deputado Arthur Lira (PP-AL) –candidato de Bolsonaro.

Em nota, PT prega a unidade da oposição nas eleições da Câmara e Senado

Requião explica o frustrado golpe de Maia contra Bolsonaro

Bolsonaro de 2015 pediria impeachment de Bolsonaro de 2020