PIB do Brasil acumula média negativa de -5,0% no ano de 2020 enquanto mídia frauda números

Compartilhe agora

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (3) o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil acumulado no ano. Segundo o órgão, a média é negativa (-5,0%) para os três primeiros trimestres.

A variação do PIB, medida pelo SCNT – Sistema de Contas Nacionais Trimestrais – traz a evolução do PIB no tempo, comparando seu desempenho trimestre a trimestre e ano a ano (veja o site oficial do IBGE)

Veja os números do PIB nos trimestres:

  • 1º tri (-0,3%)
  • 2º tri (-10,9%)
  • 3º tri (-3,9%)

Deferente do que quiseram fazer crer manchetes do jornal Folha de S. Paulo e da Agência Brasil, não houve crescimento no PIB este ano.

“PIB do Brasil tem crescimento recorde de 7,7% no 3º tri, abaixo das projeções”, registrou a Folha.

A Agência Brasil, da estatal EBC, foi no mesmo caminho da fake news: “PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE”.

Em todos os trimestres, infelizmente, o PIB foi negativo (vide gráfico do IBGE) este ano.

Até a colunista do Globo, Mirian Leitão, foi enganada pela “ginástica criativa” dos editores palacianos. A experimentada jornalista cravou em seu blog: “Míriam Leitão: alta de 7,7% do PIB é boa notícia, puxada por indústria e serviços, mas incerteza continua”.

A variação do PIB, medida pelo SCNT – Sistema de Contas Nacionais Trimestrais – traz a evolução do PIB no tempo, comparando seu desempenho trimestre a trimestre e ano a ano.

O Globo completou a fake news com a manchete mais espetacularmente já construída: “Guedes diz que PIB mostra retomada rápida, e equipe econômica avalia que auxílio não será necessário em 2021.”

Não precisa ser economista para entender que o Brasil –volto a frisar, infelizmente– não conheceu este ano crescimento positivo. O PIB nos três primeiros trimestres de 2020 teve desempenho negativo: 1º tri (-0,3%); 2º tri (-10,9%); e3º tri (-3,9%). Os dados estão desenhados em gráfico do IBGE.

Cadê as agências ‘fact-checking‘ para dar um corretivo nessas notícias falsas dos jornalões? Cadê?

Mercado financeiro prevê aumento da inflação e queda menor do PIB

Pibinho murcho do presidente Jair Bolsonaro assustou até dona Michelle Bolsonaro

Mercado financeiro prevê queda de 5,95% no PIB do Brasil este ano