Partido “NOVO” votou contra ratificação da Convenção Interamericana sobre Racismo

Se hoje fosse 13 de Maio de 1888 e a Câmara votasse a “Abolição da Escravatura”, com certeza, o partido “NOVO” varia contra a liberdade das pessoas de cor preta. É essa impressão que ficou nesta quarta-feira (9), depois que a agremiação orientou a bancada para votar contra a ratificação da Convenção Interamericana sobre Racismo.

Apesar do voto contra do “NOVO”, o Projeto de Decreto da Câmara 861/17 foi aprovado em primeiro turno por 414 votos a 39; em segundo turno, por 417 votos a 42.

O líder do NOVO, deputado Marcel van Hattem (RS), justificou a orientação da bancada dizendo que a legislação carece “aprimoramento” em mais países. Ele citou os EUA e Canadá, que, segundo ele, não assinaram a ratificação.

“Os argumentos são frágeis e escondem a mesma hipocrisia que fez o Brasil ser o último país do mundo a abolir a escravidão formalmente. Só faltou dizer também que está na moda falar em racismo”, criticou o deputado Alencar Braga (PT-SP).

Por óbvio, a bancada do “NOVO” não possui nenhum deputado negro (veja a foto).

O voto contra a ratificação da Convenção Interamericana sobre Racismo, da OEA, chamuscou muito o partido “NOVO” nas redes sociais. Vários internautas apontaram como “racista” o posicionamento da legenda de João Amoêdo.

“O Partido Novo é tão velho quanto o racismo”, reagiu o jornalista Fausto Salvadori, da Ponte Jornalismo.

O posicionamento do NOVO foi entendido como uma orientação “identitária” [branca] da bancada.

Deputados do Paraná também votaram contra a ratificação

O advogado curitibano Clóvis Costa, pelo Twitter, considerou “lamentável” o voto de alguns deputados federais. Ele disse que pediu aos parlamentares uma explicação sobre a razão de terem sido contrários à convenção antirracista, mas, de acordo com o causídico, ‘suas excelências’ não se manifestaram.

Deputados federais paranaenses que votaram contra a Convenção Interamericana contra o Racismo:

  • Aline Sleutjes (PSL)
  • Diego Garcia (PODE)
  • Filipe Barros (PSL)
  • Paulo Martins (PSC)
  • Evandro Roman (PATRIOTA)
  • Sargento Fahur (PSD)
  • Câmara aprova ratificação da Convenção Interamericana contra o Racismo

    Senado fulmina portaria a Fundação Palmares que exclui personalidades negras do rol de homenageados

    Jogadores de PSG x Istanbul Basaksehir abandonam jogo após racismo de árbitro

    Jornal francês Libération diz que morte de João Alberto relança debate sobre racismo no Brasil