Oswaldo Eustáquio, jornalista bolsonarista, foi internado às pressas no hospital de traumas em Brasília

O jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio, preso na Papuda por supostamente ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), passou mal na prisão, nesta segunda-feira (21), sendo levado para o Hospital de Base.

De acordo com informações preliminares, o jornalista foi transportado pela equipe de socorro do complexo prisional.

No perfil de Eustáquio, no Twitter, a assessoria dele afirma que levaram “as escondidas” o jornalista ao hospital de Base, setor de traumas em Brasília, até agora advogado e família estão sem informações.

O advogado Ricardo Vasconcellos, que defende o jornalista bolsonarista, declarou ainda não saber o motivo da hospitalização, mas disse que o cliente está consciente e recebendo atendimento médico.

“Não sei exatamente o motivo. Não sei se foi uma queda, algum trauma. Quero saber o que ocorreu. Mas, a princípio, não está se falando de tentativa de homicídio. Ele está fazendo exames médicos. Pode ter sido uma queda, não sei,” afirmou o defensor.

Oswaldo Eustáquio cumpre prisão preventiva, por ordem do ministro Alexandre de Moraes. Ele teria descumprido uma ordem do Supremo, de ficar em casa, e ido até o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MDH), na Esplanada dos Ministérios. Os próprios servidores da pasta informaram sobre o comparecimento dele no local. O Jornalista sofre com problemas de saúde, como hipertensão.

Esposa de Oswaldo, Sandra Terena disse que está no hospital acompanhando o marido, mas ainda não tem informações sobre o estado de saúde dele.

“Urgente: meu marido Oswaldo Eustáquio está em atendimento no centro de traumas do hospital de base de Brasília. Não fomos informados sobre o que aconteceu de fato com ele. O nome dele sequer estava na lista de atendimento do hospital”, escreveu no Twitter Sandra Terena.

As informações são bastante desencontradas. Chegou ao Blog do Esmael que Oswaldo Eustáquio levou um tomo e bateu no vaso sanitário, porém os perfis do jornalista e da mulher dele não confirmam essa versão.

O fato é que, até agora, o presidente Jair Bolsonaro não se solidarizou com Oswaldo Eustáquio. E olha que o jornalista foi preso por causa do mandatário.