Covidão do Neymar: confirmada a festa em meio à pandemia

Compartilhe agora

Apesar das restrições que prevalecem hoje devido à pandemia de Covid-19, o jogador Neymar Jr organizou uma festa de final de ano para cerca de 500 convidados no Rio de Janeiro, revela o jornal O Globo.

Ampliada e fortemente criticada nas redes sociais, a comemoração teria começado no dia 24 de dezembro (Natal) e tem previsão de término apenas no dia 1º de janeiro de 2021.

O atacante do Paris Saint-Germain tem residência em Mangaratiba, cidade da zona sul do Rio, onde mandou preparar uma sala subterrânea com isolamento acústico para não incomodar os vizinhos, segundo fontes.

O local está alugado para a festa, pois o imóvel do jogador está em reforma.

De acordo com o portal de notícias UOL, Neymar Jr proibiu o uso de celulares no evento para evitar que as imagens da festa maluca circulem em plataformas digitais.

Entre as atrações que o esportista de 28 anos contratou (ou convenceu) estão os renomados músicos como Léo Santana, Ludmila, Grupo Menos é Mais, Harmonia do Samba e Wesley Safadão.

Outro evento de final de ano realizado pelo influenciador Carlinhos Maia também gerou críticas nas redes sociais. Na comemoração, 47 funcionários foram infectados pelo coronavírus SARS-CoV-2, causador do Covid-19.

A festa de Neymar Jr é comemorada quando o Brasil registra 190.795 mortes até o momento e 7.465.806 infectadas pela Covid-19.

Resumo da ópera; Neymar Jr fez um gol contra.