Má notícia para Trump: seu advogado está com coronavírus

Compartilhe agora

Rudolph Giuliani, o ex-prefeito da cidade de Nova York e advogado pessoal e de campanha de Trump, testou positivo para o coronavírus, anunciou o presidente Donald Trump no Twitter neste domingo domingo (6).

“@RudyGiuliani, de longe o maior prefeito da história de Nova York, e que tem trabalhado incansavelmente para expor a eleição mais corrupta (de longe!) Da história dos EUA, testou positivo para o Vírus da China. Melhore logo Rudy, vamos continuar !!!”, escreveu Trump no Twitter.

Giuliani estava no Centro Médico da Universidade de Georgetown, de acordo com uma pessoa que tinha conhecimento de sua condição de saúde, mas não estava autorizada a falar publicamente.

Giuliani foi repetidamente exposto ao vírus por meio do contato com pessoas infectadas, inclusive durante a preparação de Trump para seu primeiro debate contra o presidente eleito Joe Biden em setembro, bem como quando ele apareceu com seu filho, Andrew, em uma entrevista coletiva na sede do Comitê Nacional Republicano cerca de duas semanas atrás. Mas Giulani não teria contraído o vírus até agora.

Não estava claro por que Trump foi o único anunciando isso. Também não está claro se Giuliani, 76, é sintomático. Mas, nessa idade, ele está na categoria de alto risco para o vírus.

Giuliani tem atuado como o principal advogado dos esforços de Trump para derrubar os resultados da eleição. Ele alegou repetidamente que tem evidências de fraude generalizada, mas se recusou a apresentar essas evidências em processos judiciais que abriu.

O teste de Guiliani positivo para o coronavírus é mais uma má notícia para Trump, cujo tempo de permanência na Casa Branca está se esgotando. Ele terá de se mudar no dia 20 de janeiro, quando outro inquilino [Biden] chega no local.