Festival de Cinema Latino-Americano começa nesta quarta-feira; evento é online e gratuito

Compartilhe agora

Com uma programação de 36 filmes, começa hoje (9) o 15º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo. Realizado em edição online pela primeira vez, em virtude da pandemia do novo coronavírus, o evento é totalmente gratuito e reúne obras de 15 países da América Latina e do Caribe, que serão exibidas até o dia 22.

Organizado pela Associação do Audiovisual, com patrocínio da Spcine e apoio do Sesc São Paulo, o festival conta com uma seleção inédita, batizada de Foco América Central. Fazem parte dela cinco títulos da Costa Rica, de Cuba, El Salvador e Honduras que receberam boas avaliações da crítica especializada.

Também estão na programação a tradicional seção Contemporâneos, integrada por 21 filmes lançados recentemente – dos quais 19 são inéditos no país – e a Homenagem BrLab 10 Anos, de longas-metragens produzidos pelo laboratório. Referência na América Latina, o BrLab foi criado em 2011 como parte da programação do festival e consiste em um evento anual, destinado a dar visibilidade a projetos em desenvolvimento e à capacitação de profissionais do setor audiovisual.

O público também poderá assistir a encontros e debates sobre cinema, todos realizados em ambiente virtual. Entre os temas abordados estão políticas públicas voltadas para o setor e cinema independente na América Latina.

Segundo o cineasta Francisco Cesar Filho, a edição atual do festival mantém “o espírito” do evento, embora seja mais enxuta do que as anteriores, que já chegaram a abranger em torno de 120 filmes. Para ele, o formato virtual tem uma vantagem: torna as produções mais acessíveis a todos, já que podem ser assistidas de qualquer local.

“Isso é um ganho de penetração muito grande”, afirma o cineasta, que divide a direção do evento com João Batista de Andrade e Jurandir Müller.

“Este ano, a gente preparou com foco na América Central, por conta de os países terem se destacado, nos últimos anos, no cenário internacional”, diz.

Os filmes ficarão disponíveis nas plataformas Looke, Sesc Digital e Spcine Play, das 20h de hoje até o final do evento. Porém, eles poderão ser assistidos somente até atingir o número máximo de visualizações definido pelos produtores e distribuidores.

A cerimônia de abertura do festival será às 19h desta quarta-feira e pode ser acompanhada pelo site do evento. Já a cerimônia de encerramento ocorre na próxima quarta-feira (16), às 19h, no mesmo endereço. O evento conta com o apoio dos consulados da Argentina, do Chile, da Colômbia, de Cuba, do Equador, México, Paraguai e Uruguai localizados em São Paulo.

Da Agência Brasil

Documentário sobre parcialidade de Moro na Lava Jato será lançado nesta quinta-feira

Bolsonaro zera alíquota da importação de armas de fogo enquanto os brasileiros pedem vacina contra a covid-19

OAB quer que verba da Lava Jato seja usada para comprar vacina contra Covid-19