Eleições da Venezuela foram um show democrático, diz PT em nota

Compartilhe agora

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o secretário de Relações Internacionais do partido, Romênio Pereira, divulgaram nota oficial da legenda sobre as eleições parlamentares na Venezuela desse domingo (6).

Segundo a nota, o Partido dos Trabalhadores expõe sua solidariedade ao governo do país vizinho e lembra que as eleições foram realizadas pelo governo constitucional, apesar da crise provocada pelo bloqueio comercial e financeiro e das ameaças militares dos EUA.

Para Gleisi e Romênio, as eleições da Venezuela foram um show democrático.

“Compreendemos que a realização das eleições é a resposta democrática aos golpistas que conspiram, dentro e fora do país, contra o governo constitucional e o processo de transformação iniciado pelo ex-presidente Hugo Chavez”, afirma o documento petista.

Leia a íntegra da nota do PT:

PT: Sobre as eleições legislativas da Venezuela

Saudamos as eleições legislativas da Venezuela realizadas neste domingo, que constituem mais uma grande manifestação da vontade popular no processo de transformação política, social e econômica daquele país ao longo das duas últimas décadas.

As eleições foram realizadas pelo governo constitucional, apesar da grave crise provocada pelo bloqueio comercial, financeiro e diplomático à Venezuela, e das ameaças militares, por parte do governo dos Estados Unidos e de vassalos como Jair Bolsonaro.

As eleições são a resposta democrática a esta política de bloqueio, que visa a atingir o governo constitucional do país, mas tem como grande vítima o povo venezuelano, gravemente prejudicado no acesso a alimentos, medicamentos e outros direitos.

O PT é solidário ao governo constitucional e ao povo da Venezuela. Compreendemos que a realização das eleições é a resposta democrática aos golpistas que conspiram, dentro e fora do país, contra o governo constitucional e o processo de transformação iniciado pelo ex-presidente Hugo Chavez.

Todo apoio ao povo venezuelano na luta contra o imperialismo, contra o bloqueio e as ameaças militares, em defesa da soberania da Venezuela e da América Latina.

Gleisi Hoffmann, Presidenta Nacional do Partido dos Trabalhadores
Romênio Pereira, Secretário de Relações Internacionais

Coalizão do governo obtém maioria nas eleições legislativas na Venezuela com 67,6% dos votos

Gleisi: PT e esquerdas precisam se fortalecer para enfrentar o que vem por aí

PGR bloqueia ‘caixa-preta’ da Lava Jato no valor de R$ 270 milhões