Como seria se Jesus voltasse hoje? Vídeo de vereador negro eleito viraliza com explicação

Compartilhe agora

O vereador eleito Renato Freitas (PT), de Curitiba, ao explicar o significado de Natal, desde um acampamento de sem teto, disse que se Jesus voltasse hoje ele teria que ficar ligeiro.

“Cuidado, Jesus! Se for voltar fica ligeiro porque a quebrada tá mais louca do que nunca. Vão querer te servir na Ceia de Natal enquanto brincam de amigo secreto”, afirmou o vereador eleito.

Numa linguagem simples e direta, o parlamentar eleito afirmou que as decisões judiciais que despejaram famílias sem teto são travestidas de decisões corretas, como aquela de Pilatos, que, ao lavar as mãos, delegou ao povo a crucificação de Jesus Cristo.

“O Zé Povinho em choque, porque preferia ver a mentira vestida de verdade do que a verdade nua, que incomoda, preferiu o que pediu o julgamento à pena de morte. O alcagueta sem futuro, que sempre tá na banca, tava lá também na banca de Jesus”, comparou.

Segundo o vereador eleito, “Pilatos, querendo saber a régua do seu julgamento, jogou sua decisão para o povo confiando nos “Datena”, linchador, que desde aquela época povoavam todos os lugares na vontade de nos dominar e nos oprimir sempre cada vez mais, e essas pessoas pediram o linchamento e a crucificação de Jesus. E assim Jesus foi entregue e aos tubarões”, discursou.

O vídeo foi gravado desde um acampamento na capital paranaense, depois de um despejo, nas vésperas do Natal.

Assista ao vídeo: