Santos vence por 2 a 0 líder Internacional mesmo desfalcado pela Covid-19

Compartilhe agora

Ivonei e Kaio Jorge fizeram os gols da vitória do Peixe; Colorado pode perder a liderança do Brasileirão.

Com um time cheio de desfalques por conta de um surto de Covid-19 no elenco, o Santos se superou e venceu o Internacional por 2 a 0, na tarde deste sábado (14), na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida foi decidida na segunda etapa.

O Peixe abriu o placar na cobrança de falta de Ivonei, que marcou seu primeiro gol como profissional. Minutos depois, em uma jogada de contra-ataque Kaio Jorge, de cabeça ampliou o placar.

O Colorado também chegou com perigo ao gol adversário, mas não eficiente na conclusão.

John, goleiro do Santos, praticou duas defesas difíceis: uma em chute de Abel Hernández e outra em cabeceio de Thiago Galhardo.

Classificação

A  vitória fez com que o Santos subisse na tabela:  agora é quarto colocado, com  34 pontos, tendo que torcer contra São Paulo e Fluminense para terminar a rodada no G4.

Já o Internacional, é líder, com 36 pontos, mas pode ser ultrapassado mais tarde, caso Atlético-MG ou Flamengo vençam seus jogos.

Próximos Jogos de Santos e Inter

O Santos volta a campo pelo Brasileirão no próximos sábado (21), às 19h (de Brasília), para encarar o Athletico, na Arena da Baixada.

O Inter, por sua vez, joga no domingo (22), às 18h15 (de Brasília), contra o Fluminense, no Beira-Rio.

Ficha Técnica de Santos 2 X 0 Inter

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 14 de novembro de 2020 (sábado)

Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Cartões amarelos: SANTOS: Kaio Jorge. INTERNACIONAL: Lindoso e Rodinei

GOLS: Ivonei e Kaio Jorge, aos 13 e 22 minutos do 2T.

SANTOS: John, Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Wagner Leonardo; Vinicius Balieiro, Ivonei (Arthur Gomes) e Felipe Jonatan; Marinho, Lucas Braga (Marcos Leonardo) e Kaio Jorge (Tailson). Técnico: Marcelo Fernandes

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado (Praxedes), Edenilson (Lindoso), Marcos Guilherme (Fernández) e Maurício (D’Alessandro); Thiago Galhardo e Abel Hernández (Yuri Alberto). Técnico: Abel Braga