Recife: Ex-prefeito João Paulo (PCdoB) lança nota de apoio a Marília Arraes

O ex-prefeito de Recife João Paulo (PCdoB) usou, neste domingo (22), suas redes sociais para declarar apoio à candidata Marília Arraes (PT). A decisão, segundo nota divulgada, foi tomada “por entender que a população do Recife precisa fazer sua escolha de forma livre, consciente e soberana”.

João Paulo, atualmente deputado estadual no PCdoB, foi prefeito de Recife pelo Partido dos Trabalhadores (PT) de 2001 a 2008. De origem operária, foi metalúrgico e presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em 1988. Na período da ditadura, militou ainda no clandestino Partido Comunista Revolucionário (PCR).

“Considero deploráveis os ataques ao PT – partido do qual participei desde sua fundação e que ajudei a construir por muitos anos. Sinto-me na obrigação de repudiar esse tipo de atitude política, que não constrói, não fortalece a disputa democrática em nosso estado e enfraquece as forças do campo progressista”, escreveu o político.

Em Recife, nos últimos dias, a campanha do PSB partiu para ataques e agressões de todo tipo contra a candidatura da petista, que lidera as pesquisas na disputa pela prefeitura. O PCdoB integra a coligação do PSB de João Campos, deputado federal e filho do falecido Eduardo Campos. O PCdoB também faz parte do governo estadual de Pernambuco com a vice-governadora Luciana Santos – que é a presidente nacional da legenda.

LEIA TAMBÉM:

Carlos Lupi sugere que Túlio Gadelha deve sair do PDT por apoiar Marília Arraes

Greve de fome de professores: Ratinho quer vencer pela inanição

Primeiro prefeito negro de Porto Alegre pede votos para Manuela D’Ávila; assista

Confira a nota na íntegra do deputado estadual João Paulo (PCdoB):

“NOTA PÚBLICA – Eleições no Recife

Considero deploráveis os ataques ao PT – partido do qual participei desde sua fundação e que ajudei a construir por muitos anos. Sinto-me na obrigação de repudiar esse tipo de atitude política, que não constrói, não fortalece a disputa democrática em nosso estado e enfraquece as forças do campo progressista. Respeito o PT e a sua história. Não podemos aceitar a negação da grande contribuição do PT na vida democrática do Brasil, nas conquistas sociais e dos maiores avanços na gestão pública não só no Recife e em Pernambuco, do qual fiz parte e me orgulho, como no Brasil, com os governos Lula e Dilma.

Ao longo de 49 anos de militância sempre pautei minha vida política pela consciência de classe, defesa da democracia, por melhores condições de vida para o povo e pelo fortalecimento das forças de esquerda em nosso país. Em muitas disputas eleitorais enfrentamos o jogo pesado de práticas de campanha covardes e intolerantes, que chegavam ao eleitor em forma de matérias apócrifas, difamações e calúnias.

Hoje, estamos diante de uma conjuntura política ainda mais grave com a ascensão de Bolsonaro, onde as chamadas fakes news se transformaram em arma política de primeira linha, capazes de influir decisivamente no processo eleitoral e ameaçar a democracia. Numa época de inversão de valores, em que a verdade se torna a primeira vítima, como nas guerras, gastamos muito tempo e energia para desfazer as mentiras, que caminham agora com velocidade bem superior à dos fatos.

Portanto, nesse momento grave da disputa, quero reafirmar os princípios que sempre defendi e declaro o apoio à coligação PT/PSOL representada na candidatura de Marilia Arraes e João Arnaldo.

Entendo que a população do Recife escolheu levar ao segundo turno candidaturas do campo progressista, deixando claro que não quer Bolsonaro. E agora a população precisa conhecer com profundidade as propostas defendidas para fazer sua escolha de forma livre, consciente e soberana.

Pela ética na política e nas eleições!
Lute pela democracia!

João Paulo Lima e Silva
Deputado Estadual / PCdoB – Pernambuco
Recife, 22 de novembro de 2020”.

*Com informações do Diário de Pernambuco