PCdoB elege três vereadores indígenas na Bahia

Compartilhe agora

O PCdoB elegeu no último domingo (15) três vereadores indígenas na Bahia: Cláudio Magalhães Tupinambá (Ilhéus), Zeca Cacique Pataxó (Prado) e Selma Tuxá (Rodelas).

Dois outros indígenas registraram boas votações, mas não conseguiram os votos suficientes para a eleição: o Cacique Aruã, que tentava retornar à Câmara do município de Santa Cruz Cabrália, e o Cacique Renivaldo, de Porto Seguro.

Segundo o PCdoB baiano, o incentivo à participação dos indígenas na política é uma bandeira do partido que, neste ano, atuou para fomentar e dar assistência às candidaturas.

Ao todo, foram lançadas 32 candidaturas de indígenas pelo PCdoB na Bahia, que disputaram vagas em câmaras de vereadores de sete municípios do estado.

LEIA TAMBÉM
Equação da vitória de Boulos

Pesquisa XP/Ipespe em SP: Covas tem 48% e Boulos 32%

Prefeitura de Curitiba autoriza volta às aulas presenciais enquanto especialistas discutem severo fechamento

Números do PCdoB na Bahia

Nas eleições municipais de 2020, o PCdoB da Bahia conquistou 16 prefeituras, um aumento de seis, em comparação a 2016, quando foram eleitos dez prefeitos. A legenda também cresceu no número de vagas ocupadas nas câmaras municipais. De 212 vereadores e vereadoras em 2016, o partido saltou para 219 em 2020.

Com informações do PCdoB-BA