Oswaldo Eustáquio “ganha” tornozeleira eletrônica por determinação do STF

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou nesta terça-feira (17) de manhã que policiais federais colocassem uma tornozeleira eletrônica no jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio.

Eustáquio foi visto em São Paulo na semana passada tentando “entrevistar” o candidato do PSOL à Prefeitura, Guilherme Boulos, nas dependências da TV Cultura.

Ocorre que Oswaldo não tinha autorização do Supremo Tribunal Federal para deixar Brasília e ir para São Paulo.

O bolsonarista é investigado no inquérito das fake news pela corte cujo relator é Moraes.

Eustáquio ainda retomou o uso das redes sociais para disseminar discurso de ódio, segundo o Supremo, o que também estava proibido por decisão de Alexandre de Moraes.

Portanto, o jornalista parnanguara [quem nasce em Paranaguá (PR)] “ganhou” um anel de “pombo correio” no amanhecer de hoje.

Prisão domiciliar de Oswaldo Eustáquio

O ministro Alexandre de Moraes decretou a prisão domiciliar de Oswaldo Eustáquio, por isso ele passará a usar uma tornozeleira eletrônica.

A Polícia Federal fez buscas nesta terça-feira (17) na casa do jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio.

Segundo Moraes, o jornalista bolsonarista descumpriu medidas cautelares impostas a ele no inquérito das fake news.

Assista ao vídeo:

Oswaldo Eustáquio manda dizer que não foi preso neste domingo

Oswaldo Eustáquio é preso novamente em Brasília

Blogueiro Oswaldo Eustáquio, casado com assessora de Damares Alves, é preso pela Polícia Federal