No oitavo dia de ‘greve de fome’, professores pedem “Fora Ratinho” no Paraná

Há oito dias um grupo de professores, funcionários de escolas e estudantes fazem greve de ‘fome contra’ o governo Ratinho Junior (PSD). A luta deles é contra a demissão de 30 mil contratados em regime PSS, desmonte da educação pública, a realização do provão em plena pandemia, o fechamento de escolas, dentre outras barbaridades. É dentro deste contexto que o presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão, orientou na manhã desta quinta-feira (26) pela palavra de ordem “Fora Ratinho” marcando-a com uma hashtag.

Dito isso, daqui a pouco, às 10 horas, a tvEsmael/Blog do Esmael vai entrevistar ao vivo o educador Rodrigo Tomazini. Ele é diretor da APP-Sindicato Norte, de Curitiba. A ideia é discorrer sobre a Assembleia Geral online da entidade convocada para esta tarde, às 13h30, cujo desfecho tende a ser a greve geral da categoria no encerramento do ano letivo.

Por fim, abaixo, leia a carta/diário do presidente da APP-Sindicato sobre a ‘greve de fome’ dos educadores.

GREVE DE FOME – Curitiba, quinta, 26 Nov 20, 05:10 hs.

Resistimos no 8 dia de jejum em GREVE DE FOME.

“A liberdade custa muito caro e temos ou de nos resignarmos a viver sem ela ou de nos decidirmos a pagar o seu preço” José Martí.

Essa noite foi bem mais tranquila, o clima está agradável. O vento não agitou as bandeiras do Palácio Iguaçu. Enquanto recebemos centenas de mensagens de apoio à nossa luta o governador Ratinho Jr (PSD), mantém a ordem para ninguém do governo ou da base governista na ALEP falar sobre a greve de fome.

O governador e seu séquito passou a dar expediente num prédio da Copel. Funcionários/as e seguranças entram e saem pelas portas dos fundos do Palácio Iguaçu. A SEED e o secretário empresário Renato Feder não se pronunciam sobre a GREVE DE FOME mas anunciam o fechamento de seis escolas em Curitiba e Região Metropolitana, irão gerar mais desemprego e expulsão de estudantes da rede.

Estamos marcando nosso registro devidamente, governantes que agiram de maneira covarde tiveram seu lugar na história.

Neste período histórico de pandemia, o negacionismo ante os milhares de paranaenses mortos e a covardia dos ataques a professoras/es e funcionárias/os por parte de Ratinho Jr e da maioria dos/as deputados/as estaduais não serão esquecidos, JAMAIS!

Muito obrigado a Todas e Todos que decidiram aproveitar esta oportunidade para realizar um dia de jejum em GREVE DE FOME. Essa solidariedade é o que nos alimenta.

#FomeDeJustiça
#ForaRatinhoJr
#ForaFeder
#RespeitoAosPss
#NãoÀterceirizaçaoPssFuncionários
#NãoÀmilitarizaçãoDasEscolas

Professor Hermes Silva Leão Presidente da APP-SINDICATO

Assistir entrevista ao vivo [a partir das 10h]

Professores anunciam greve geral contra Ratinho no Paraná

Ratinho aproveita pandemia para fechar escolas tradicionais de Curitiba