Deputado petista questiona ministro da Saúde sobre os 6,8 milhões de testes de Covid-19 prestes a vencer

O líder da Minoria na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), protocolou, na manhã desta segunda-feira (23), Requerimento de Informações (RIC 1519/2020) sobre os 6,8 milhões de testes de Covid-19 prestes a vencer em um galpão em Guarulhos.

Direcionado ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o documento tem como principal objetivo saber por que os testes não foram usados até o momento. Com o pedido, José Guimarães quer também informações adicionais como: data de compra, valor investido e critérios técnicos que justifiquem o aumento no prazo da validade solicitado pelo Ministério da Saúde à Anvisa.

“O mais completo absurdo! O presidente Bolsonaro justificou a escolha de Pazuello para o Ministério pelo fato de o militar entender de logística. O que se vê é uma total incompetência e descaso com a vida humana”, afirma José Guimarães.

Vacinas
José Guimarães também protocolou outro Requerimento (RIC 1521/2020) em que solicita informações sobre os encontros com cinco desenvolvedoras de vacinas (Pfizer, Janssen, Bharat Biotech, Fundo Russo de Investimento Direto (responsável pela Sputinik V e Moderna).

O documento questiona, entre outros pontos, a ausência de representantes da biofarmacêutica chinesa Sinovac, responsável pelo desenvolvimento da Coronavac e alvo da disputa política entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

“Estamos nos aproximando de 170 mil brasileiros mortos por Covid-19 e Bolsonaro continua fazendo disputa política com um assunto tão sério. É lamentável que o presidente continue a brincar com a vida dos brasileiros”, afirma.

As informações são do PT na Câmara

Senadora Kátia Abreu é internada no Sírio-Libanês com Covid-19

Bolsonarista Osmar Terra é internado com Covid-19 em Porto Alegre

Senador Irajá Silvestre é acusado de estupro em São Paulo