Bolsonaro diz que é “conversinha”, mas 2ª onda de Covid parece já ter chegado ao Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a negar os riscos da pandemia e, nesta semana, ele disse que “agora tem essa conversinha de segunda onda” da Covid-19.

Não é “conversinha”, senhor presidente, nem uma “gripezinha”. O Blog do Esmael vai demonstrar abaixo.

Covid-19 em São Paulo

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, houve um aumento de internações por covid-19 verificado nos últimos dias, bem como o crescimento no número de testes realizados e nos diagnósticos positivos para a doença.

O Albert Einstein disse que as 68 internações atuais são 26% superiores às ocorridas no mês de setembro, quando foram registrados entre 50 e 55 pacientes internados no hospital.

Covid-19 em Porto Alegre

No Rio Grande do Sul a situação também é bastante parecida. Os números casos de Covid-19 e internações dispararam no mês de outubro em relação a setembro, segundo as autoridades sanitárias gaúchas.

O número de internados em Porto Alegre, até quinta-feira (12), chegava a 234 pacientes em razão do novo coronavírus. O número é 18,7% superior ao de uma semana antes, quando chegou a 197 pessoas internadas.

Covid-19 Fortaleza

No Ceará, a situação não é diferente. Boletim da situação da Covid-19 no Hospital Unimed Fortaleza aponta que chegou a 105 o número de pacientes internados com a doença nesta sexta-feira, 13. Comparado com a semana passada (94 internados), o aumento foi de 11 pessoas a mais.

Covid-19 em Curitiba

Além disso, não custa lembrar, que ao menos 17 pessoas do Coritiba –tradicional clube de futebol de Curitiba– testaram positivo para a covid-19.

Portanto, Bolsonaro, não é “conversinha” a chegada da 2ª onda de Covid-19. Ela é bem real e já está circulando pelo Brasil.

Coritiba sofre baixas com 17 casos positivos de Covid-19 em oito dias

Ex-ministro Osmar Terra testa positivo para a covid-19

Bolsonaro inicia a ‘militarização’ da Anvisa em meio à pandemia de Covid-19