BolsoDoria: Bolsonaro e Doria são os mais rejeitados pelos paulistanos, aponta Ibope

Compartilhe agora

A pesquisa do Ibope, divulgada na quarta-feira (18), também fez uma avaliação do presidente Jair Bolsonaro e do governador João Doria (PSDB) e confirma uma alta taxa de rejeição para ambos governantes.

A rejeição de Bolsonaro continua crescendo entre os paulistanos. Em São Paulo, o maior colégio eleitoral do país, 54% dos entrevistados avaliam o governo do presidente de extrema direita ruim/péssimo, ante o mesmo patamar registrado no início de novembro.

Já a avaliação do governador João Doria (PSDB), aliado do prefeito Bruno Covas (PSDB), atinge o patamar de 50% de ruim e péssimo.

os números do Ibope indicam a rejeição da fórmula “BolsoDoria”, o que pode afetar o desempenho eleitoral do atual prefeito Bruno Covas – que enfrenta uma dura disputa com o candidato da esquerda Guilherme Boulos (PSOL). Covas recebeu neste segundo turno o apoio do deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), um aliado fiel e aguerrido do presidente Bolsonaro em São Paulo.

LEIA TAMBÉM SOBRE A ELEIÇÃO EM SP:

Haddad sobre o 2º turno em SP: ‘Chega de Tucanistão!’

Opinião do Blog do Esmael: Defender o povo contra o atraso e o bolsonarismo em São Paulo

Marina Silva anuncia apoio a Guilherme Boulos no segundo turno

Confira os números da pesquisa do Ibope:

Jair Bolsonaro
Avaliação
– Ótima/Boa: 21%
– Regular: 24%;
– Ruim/Péssima: 54%;
– Não sabe/não respondeu: 1%.

O presidente Bolsonaro registrou, no início de novembro, 23% de avaliações Ótimo/Bom, 22% de Regular e 54% de Ruim/Péssimo em SP.

João Doria
Avaliação:
– Ótima/Boa: 16%
– Regular: 31%;
– Ruim/Péssima: 50%;
– Não sabe/não respondeu: 3%.

O governador João Doria teve, na pesquisa anterior, 15% de Ótimo/Bom, 34% de Regular e 49% de Ruim/Péssimo.

A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos; foram entrevistados 1.001 eleitores da cidade de São Paulo entre os dias 16 e 18 de novembro de 2020. O número de identificação na Justiça Eleitoral é SP-05645/2020. O nível de confiança utilizado é de 95%.

*Com informações do G1