Atlético-MG: Sette Câmara comunica que não irá concorrer reeleição à presidência

Atual mandatário abre mão do direito de brigar pela reeleição. O comunicado veio em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (12).

Atual presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, comunicou em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (12), que não participará da eleição presidencial de 11 de dezembro, assim como o vice Lásaro Cândido da Cunha.

“Com sentimento de dever cumprido e a sensação de que transformamos o clube, de que colocamos o Atlético-MG em outro patamar, e entregamos muito melhor do que recebemos, eu, de fato, não vou ser candidato à reeleição. Acho que meu papel aqui foi cumprido”, afirmou Sette Câmara.

Sette Câmara foi eleito presidente do Atlético em dezembro de 2017, e tinha direito a tentar a reeleição do mandato por mais três anos.

O presidente do Galo não quis oficializar os nomes da dupla que será indicada pelo grupo político para assumir a presidência do clube na eleição do dia 11 de dezembro.

“Vou, com certeza, ajudar como conselheiro e como atleticano doente que sou quem quer que esteja aqui. Claro que neste grupo estamos conversando para a indicação de uma chapa e, impor respeito aos conselheiros que vão ainda ser consultados, depois tem de ter os apoiamentos para o registro da chapa, eu me reservo por enquanto para não ficar citando nomes. Quero quer que desse grupo vai sair e já existem nomes que estão sendo cogitados.”

O prazo final para inscrição de chapas é em 26 de novembro.

Presidente do Atlético-MG ‘afrouxa a tanga’ e não vai mais pedir banimento do Flamengo no Brasileirão

Presidente do Atlético-MG vai pedir o banimento do Flamengo no Brasileirão