Vacina chinesa vence primeira etapa de testes com 9 mil voluntários em SP

Os estudos com a CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan de São Paulo, atingiram uma importante etapa no Brasil: os testes com 9.000 voluntários foram concluídos.

Não houve efeitos colaterais graves e a produção de anticorpos foi positiva. O resultado oficial deverá ser anunciado nesta sexta-feira (16) pelo governo paulista e irá ratificar a segurança do produto.

Os trabalhos com o imunizante começaram no país em julho, com voluntários da área da saúde. Agora, em nova etapa já autorizada pela Anvisa, serão incluídas mais 4.000 pessoas. Desta vez, serão aceitos grupos com diferentes perfis, como aqueles já infectados e com idade acima de 60 anos.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: França adota toque de recolher em Paris e mais oito metrópoles

Johnson & Johnson suspende testes de vacina após surgimento de doença em voluntário

Rússia anuncia segunda vacina contra Covid-19 desenvolvida na Sibéria

Com informações da Veja

Compartilhe agora