URGENTE: Bolsonaro confirma Kassio Nunes Marques no STF; assista

O presidente Bolsonaro acabou de confirmar a indicação do desembargador Kassio Nunes Marques para integrar o Supremo Tribunal Federal.

“Amanhã será publicado o nome do Kassio Marques para a nossa primeira vaga [no STF]. Temos pressa nisso”, disse Bolsonaro, durante live semanal.

“A segunda vaga será para um evangélico, tá certo?” arrematou. Muitos bolsonaristas estão esperneando, arrancando os cabelos.

Assista ao vídeo da live com o momento em que Bolsonaro confirma a a indicação do desembargador Kassio Nunes Marques ao STF:

Senador Ciro Nogueira já comemora a indicação de desembargador do Piauí, Kassio Marques, ao STF

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) já está soltando foguetes para a possível indicação do desembargador Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1a Região, para a vaga no STF.

A intenção de Bolsonaro foi noticiada pelos jornalista Lauro Jardim e confirmada por outras fontes. Segundo o Conjur, Bolsonaro teria avisado ministros do Supremo sobre sua escolha.

Ciro Nogueira escreveu no Twitter: “Todos nós do Piauí estamos na torcida para que se concretize a indicação do dr. Kassio Nunes como novo ministro do Supremo Tribunal Federal, que seria o primeiro piauiense em mais de 50 anos no STF.”

O Supremo Tribunal Federal não é um espaço de representação regional, nem religiosa; e sim a suprema corte nacional.

E, cabe lembrar que “balões de ensaio” desse tipo podem favorecer a derrubada do indicado. Agora começa a devassa em sua trajetória.

Com informações do Conjur. 

Bolsonaro discursa nesta quarta na Cúpula da Biodiversidade da ONU; vem aí mais vergonha internacional

O presidente Jair Bolsonaro discursa novamente, nesta quarta-feira (30), na Cúpula da Biodiversidade da ONU (Organização das Nações Unidas). A aposta é que o mandatário brasileiro irá envergonhar, outra vez, o país perante o mundo.

Bolsonaro gravou o discurso ontem (29) e sua fala será veiculado virtualmente na ONU por volta das 15h desta quarta.

O novo discurso de Bolsonaro na ONU ocorre uma semana depois de ser amplamente desmentido na abertura da 75ª Assembleia Geral da ONU e o presidente brasileiro defender, esta semana, a mineração em terras indígenas na Amazônia.

De acordo com o Palácio do Planalto, Bolsonaro deverá enfatizar a defesa da Amazônia em um discurso considerado tranquilo.

A maneira como o governo tem lidado com a floresta é alvo de críticas de ONGs e chefes de estado, como o presidente francês Emmanuel Macron, e líderes europeus.

O presidente Bolsonaro também deverá ressaltar a importância da sustentabilidade com o desenvolvimento, além de citar a biodiversidade como um catalisador do desenvolvimento econômico.

O discurso do presidente brasileiro foi gravado na tarde dessa terça, no Palácio do Planalto, e será exibido em reunião na sede da ONU em Nova Iorque, por volta das 15 horas desta quarta-feira.

Participarão do encontro ainda 22 autoridades, entre as quais a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, os primeiros-ministros da Itália, Giuseppe Conte, e do Reino Unido, Boris Johnson.

A Cúpula das Nações Unidas sobre Biodiversidade, convocada pelo presidente da Assembleia-Geral ONU, Volkan Bozkir, terá como tema “Ação Urgente de Biodiversidade para o Desenvolvimento Sustentável”.

LEIA MAIS SOBRE BOLSONARO NA ONU

Ex-garimpeiro, Bolsonaro prepara liberação da mineração em terras indígenas

Considerada “gripezinha” por Bolsonaro, covid-19 já matou mais de 1 milhão de pessoas no mundo

“E daí?” e “gripezinha” voltam ao vocabulário de Bolsonaro após discurso na ONU

Bolsonaro “admite” que mentiu na ONU sobre auxílio emergencial de mil dólares

Veja a íntegra do discurso do presidente Jair Bolsonaro na ONU

Compartilhe agora