Segunda onda: Espanha decreta estado de emergência até abril de 2021

O Governo espanhol aprovou, neste domingo (25), um novo estado de emergência para todo o país, que vai entrar em vigor nos próximos 15 dias. A medida foi decretada após reunião do Conselho de Ministros extraordinário, nesta manhã.

O governo vai pedir que o Parlamento autorize a extensão até abril de 2021 por conta de uma segunda onda de Covid-19 no país.

A decisão estabelece recolhimento noturno obrigatório entre as 23h e as 6h da manhã em toda a Espanha. Além disso, as reuniões e atividades sociais passam a ser restritas e as viagens entre as comunidades autônomas passam a ser proibidas, salvo em casos justificados.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro surta e manda homem ir para Venezuela comprar arroz mais barato

Bilionário desiste de disputar prefeitura; saiba por quê

Bolsonaro veta a vacina mas libera dez agrotóxicos da China

A Espanha volta ao estado de emergência sete meses depois do Conselho de Ministros de 14 de março, que decretou o primeiro estado deste gênero para controlar a primeira onda da pandemia da Covid-19. É a quarta vez na história da democracia espanhola que este instrumento extraordinário é aplicado. No entanto, este estado de emergência não será como o de março, mas mais suave, e com a intenção de que o Congresso o prorrogue por seis meses, até abril de 2021.

A Espanha já registou mais de um milhão de casos de Covid-19 desde o início da pandemia -, e cerca de 35 mil mortes.

*Com agências internacionais

Compartilhe agora