Rio: Justiça determina que TV Record mude número de WhatsApp 1010 durante campanha eleitoral

A Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro determinou que a TV Record altere o número de WhatsApp que usa para contato com o telespectador. O número 1010 tem sido utilizado, segundo a decisão judicial, como propaganda para o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), que tenta a reeleição.

Segundo a coluna de Lauro Jardim, O Globo, o juiz eleitoral Flavio Quaresma tomou essa decisão com base em uma representação feita pela campanha de Eduardo Paes, também candidato. Lançado apenas recentemente, o número é repetido por apresentadores da emissora, que dizem: “Não esqueça: dez, dez”. Pela decisão, eles terão que se abster de fazer referência ao número, “sob pena de retirar a emissora do ar”.

Veja os resultados das pesquisas eleitorais do Datafolha em SP, Rio e BH:

Datafolha: Paes lidera no Rio com 30%; Crivella tem 14%

Pesquisa Datafolha SP: Russomanno, 27%; Covas, 21%, Boulos, 12%

Datafolha Belo Horizonte: kalil lidera com folga e já alcança 56%

“Os documentos demonstram que a ré vem efetuando o uso do número 10 na sua programação de forma a prejudicar o equilíbrio entre os concorrentes ao cargo de prefeito da cidade do Rio de Janeiro”, entendeu o juiz. Dois dias antes, uma outra decisão já havia proibido os apresentadores de se referirem ao número.

Crivella é o candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Compartilhe agora