Projeto de deputado bolsonarista proíbe exposição de foto de agentes condenados em órgãos públicos

Compartilhe agora

Um projeto de lei do deputado bolsonarista Coronel Tadeu (PSL-SP), que está em tramitação na Câmara dos Deputados, quer proibir a exposição em órgãos públicos de retratos de ex-chefes, diretores, superintendentes, comandantes e presidentes criminalmente condenados com sentenças transitadas em julgado, ou seja, quando não é mais possível recorrer.

Segundo o autor da proposta, a medida tem por objetivo desestimular práticas não condizentes com o serviço público e não enaltecer “figuras criminosas”.

“A existência de galerias de retratos de ex-chefes em órgãos públicos é uma tradição. Por se tratar de reverência a bons gestores, é necessário que aqueles que optaram por práticas reprováveis e foram condenados não permaneçam nessas galerias”, defende Coronel Tadeu.

LEIA TAMBÉM
Movimento todos contra Bolsonaro na eleição de São Paulo

[Vídeo] Sara Winter desabafa contra Bolsonaro e seu governo

Dilma participa hoje de comício virtual do PT em Curitiba

Apesar de demonstrar no projeto a intenção de combater as “práticas reprováveis” de alguns agentes públicos, o parlamentar tem ficado em silêncio frente aos escândalos de corrupção que envolvem a família Bolsonaro.

Com informações da Agência Câmara