Presidente do Atlético-MG ‘afrouxa a tanga’ e não vai mais pedir banimento do Flamengo no Brasileirão

Ufa! O presidente do Atlético-MG recua e não vai mais pedir banimento do Fla no Brasileirão

O presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, informou nesta quinta-feira (1º) que mudou de ideia e desistiu de pedir exclusão do Rubro-Negro carioca do Campeonato Brasileiro.

Na última segunda-feira (28), Sérgio Sette Câmara, dirigente do clube mineiro, falou que iria solicitar banimento do Flamengo do Brasileirão junto à Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Porém, ontem, o mandatário do Galo recuou e desistiu da medida drástica.

Na ocasião em questão, ocorreu que, mesmo após o jogo entre Palmeiras e Flamengo ter acontecido no domingo (27) do último final de semana, Sérgio Sette Câmara, ficou incomodado com toda a situação que o time carioca proporcionou, e basearia o pedido de exclusão num suposto uso indireto da Justiça Comum pelo Flamengo, o que é vedado pelo regulamento.

O pedido de adiamento da partida foi feito a partir de um surto de COVID-19 no Flamengo e a diretoria do Atlético-MG ficou irritada com a situação. No entanto, como o jogo ocorreu, Sette Câmara deu passo atrás e desistiu de pedir a exclusão do clube rubro-negro da Série A

Veja o que ele disse em entrevista à Rádio 98 FM:

“Como o jogo aconteceu, nós entendemos que cabe apenas à procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) analisar a situação e, se entender que é o caso, tomar as providências. Nós não vamos tomar nenhuma iniciativa”, afrouxou o presidente do Atlético Mineiro.

LEIA MAIS SOBRE FUTEBOL

Presidente do Atlético-MG vai pedir o banimento do Flamengo no Brasileirão

Grupo político de Greca se une ao “PSOL” para adiar eleição no Coritiba

CR7 x Messi já na fase de grupos Champions League; UEFA sorteia grupos