Maju Coutinho: “Tem que mudar mentalidade ‘preto parado é suspeito, preto correndo é culpado'”

A jornalista Maju Coutinho, apresentadora do Jornal Hoje, da Globo, foi um dos assuntos mais comentados nesta quinta (22) no Twitter.

Após exibir uma reportagem que em um jovem negro foi solto hoje após ficar quase três anos preso injustamente.

“Tem que mudar mentalidade ‘preto parado é suspeito, preto correndo é culpado'”, desabafou a jornalista.

O fato ocorreu em Ceilândia, no Distrito Federal, há três anos porque, segundo ela, o jovem de 26 anos é preto e pobre.

Lucas Moreira de Souza foi condenado injustamente a 77 anos de prisão por assaltos e latrocínio. Ele teria sido “reconhecido” pelas vítimas, porém, o verdadeiro criminoso com as mesmas características continuou solto e cometendo delitos.

As testemunhas diziam que o criminoso tinha tatuagem no braço e era manco, entretanto, o jovem preso injustamente não tinha essas características.

Lucas foi solto na madrugada de hoje e, como é pobre, teve de caminhar 20 km até pegar um ônibus para casa.

“Tem que mudar mentalidade ‘preto parado é suspeito, preto correndo é culpado'”, dito por Maju Coutinho, foi repetido na tarde de hoje por várias personalidades nas redes sociais.

Na prática, Maju Coutinho reforçou a denúncia do racismo estrutural que vige na sociedade brasileira.

Assista ao trecho da reportagem:

Compartilhe agora