Justiça manda soltar filha de Roberto Jefferson e ex-secretário de Educação do Rio

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu pôr em liberdade a filha do presidente do PTB Roberto Jefferson, Cristiane Brasil; e o ex-secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes.

Pedro e Cristiane foram presos no dia 11 de setembro na Operação Catarata, que investiga supostos desvios em contratos de assistência social no governo do estado e na Prefeitura do Rio.

A decisão estabelece medidas cautelares como:

  • comparecimento mensal em juízo;
  • proibição de contato com empresas e outros envolvidos na investigação;
  • recolhimento domiciliar noturno.

A decisão também determina a soltura de Flávio Salomão Chadud, João Marcos Borges Mattos e Mario Jamil Chadud, nos mesmos termos da liberação de Pedro Fernandes e Cristiane Brasil.

Pedro foi preso, segundo o MPRJ, por ações durante sua gestão na Secretaria Estadual de Tecnologia e Desenvolvimento Social nos governos de Sérgio Cabral e de Luiz Fernando Pezão — antes de assumir a Educação do RJ a convite de Wilson Witzel.

A Fundação Estadual Leão XIII, alvo da investigação, era vinculada à secretaria de Pedro. A investigação afirma que o secretário ficava com 20% do valor de contratos assinados – tudo dinheiro de propina, segundo o MP.

Ao receber voz de prisão, Pedro Fernandes apresentou um exame positivo de Covid-19, o que transformou a prisão preventiva em domiciliar. Posteriormente, acabou sendo levado para um presídio.

Já Cristiane responde por atos supostamente praticados entre maio de 2013 e maio de 2017, quando assumiu secretarias municipais nas gestões de Eduardo Paes e Marcelo Crivella.

Com informação do Campos 24 horas.

LEIA TAMBÉM

Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, se entrega à polícia do Rio

Vídeo: Bolsonaro diz que tem ‘quase união estável’ com senador flagrado com dinheiro no ‘cofrinho’

[Vídeo] Bolsonaro comenta operação que flagrou senador com dinheiro no “cofrinho”

Senador que escondeu dinheiro no “cofrinho” deu emprego a Leo Índio, primo do Carluxo

QAnon é 1 movimento terrorista e o PT denuncia atuação de grupo no Brasil

Compartilhe agora