Greca lidera em Curitiba e pode vencer no 1º turno, diz pesquisa Opinião

O prefeito Rafael Greca (DEM) poderá liquidar a fatura e vencer a disputa já no primeiro turno, no dia 15 de novembro, segundo o Instituto Opinião de Pesquisas.

De acordo com levantamento eleitoral realizado entre os dias 16 e 19 de outubro, o atual prefeito, candidato à reeleição, aparece na liderança com 45,57% das intenções de voto.

Todos os demais candidatos, segundo a pesquisa, somam 31,13%, portanto impossível de alcançar –se as eleições municipais fossem hoje.

A pesquisa ouviu 1.200 pessoas, com idade acima de 16 anos, nas 10 regiões da de Curitiba. O levantamento tem margem de erro de 2,81% e 95% de confiabilidade. O levantamento foi registrado no TSE com o número PR 01273/2020).

Veja o desempenho na pesquisa dos candidatos a prefeito de Curitiba

Em segundo lugar aparece Fernando Francischini (PSL) com 7,95%, seguido de Goura (PDT) com 5,66%, Christiane Yared (PL) com 3,93%, Dr. João Guilherme (Novo) com 3.20% e João Arruda (MDB) com 3,03%.

Já Carol Arns (Podemos) aparece com 2.13%, Professor Mocelin (PV) tem 0,98%, Paulo Opuszka (PT) com 0,90% e Marisa Lobo (Avante) com 0,66%. Professora Samara (PSTU), Zé Boni (PTC) e Diogo Furtado (PCO) aparecem empatados com 0,57%.

Furtado teve sua candidatura indeferida pelo TRE-PR.

O levantamento mostra ainda que Camila Lanes (PCdoB) tem 0,49%, Letícia Lanz (PSol) tem 0,33% e Eloy Casagrande (Rede) tem 0,16%.

Eleitores indecisos

A mostra aponta que 15,08% do eleitorado ainda estão indecisos, 6,07% pretendem anular ou votar em branco e 2,13% não opinaram.

Na pesquisa espontânea, Greca aparece com 32,62% das intenções de voto, seguido de Goura (3,61%), Francischini (3,44%), Yared (0,98%), Opuzska (0,66%) e João Guilherme e Carol Arns empatados com 0,49%.

“Apesar da diferença percentual do atual prefeito para os demais candidatos, a pesquisa espontânea mostra que o eleitorado ainda está indeciso. O eleitor ainda não entrou no clima da eleição”, ponderou o sociólogo Arilton Freres, diretor do Instituto Opinião.

Candidatos a prefeito mais rejeitados

Em relação à rejeição dos candidatos, 28,85% disseram que não votariam em Francischini. A seguir aparecem Greca com 18,03%, João Arruda com 13,36%, Christiane Yared com 11,97%. Dr. João Guilherme, do Novo, tem a menor rejeição com 7,05%.

“Greca leva vantagem por ser o atual prefeito. Também tem alta rejeição. Por isso, acaba sendo o mais lembrado”, afirma Freres.

Leia mais sobre pesquisas eleitorais e eleições 2020

Instituto Opinião vê empate em Foz do Iguaçu entre Mac Donald e Chico Brasileiro; confira

Eleições 2020: Cresce número de candidatos da área de saúde

Paraná Pesquisas divulga nova rodada em Salvador (BA), Criciúma (SC) e Pinhais (PR)

Candidata Pica do PT promete ‘trabalhar duro’ e ganha fama nacional

Vazou! O vídeo do ano que nem o Intercept tem; assista

Tem senador com dinheiro na bunda e agora tem candidato “Cagado”

Compartilhe agora