Gaviões apavoram no CT do Corinthians; nem os ídolos escaparam da fúria da torcida

O bicho pegou no Corinthians. O presidente do clube, Andrés Sanchez, e o jogador Fagner foram cobrados pela torcida durante um barulhento protesto.

A Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Corinthians, liderou na tarde desta terça-feira (6). um protesto em frente ao CT Joaquim Grava.

A manifestação das Gaviões ocorreu um dia antes do clássico contra o Santos, nesta quarta-feira (7), às 19h, na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na frente do CT,  cerca de mais de 300 torcedores, segundo a Polícia Militar, apavoraram com cânticos e faixas que dirigiam ofensas à diretoria e aos jogadores.

Nem os ídolos do clube como, o goleiro Cássio e o lateral-direito Fagner foram poupados pela irada torcida corintiana.

Houve também ameaça ao presidente, Andrés Sanchez.

“Alô, Andrés, vai se f… Arruma essa cagada ou eu vou pegar você”  a torcida cantou.

Dyego Coelho, não!

A torcida não aceita a permanência do interino Dyego Coelho no lugar de Tiago Nunes, demitido.

“Exigimos um treinador, time sem alma e sem vontade, diretoria omissa”, foi um dos dizeres das faixas.

O Corinthians está encarando uma fase crítica na temporada, com três vitórias, cinco empates e cinco derrotas, o Alvinegro ocupa a décima quarta posição no momento, a apenas dois pontos de distância do clube que abre a zona de rebaixamento.

Leia mais sobre futebol

Botafogo enfrenta o Palmeiras nesta quarta-feira pelo Brasileirão

Corinthians e Santos se enfrentam nesta quarta-feira pelo Brasileirão

[Ao vivo] Treino da Seleção Brasileira na Granja Comary

Compartilhe agora