Flávio Dino denuncia mais 1 estelionato eleitoral de Jair Bolsonaro

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), foi às redes sociais nesta terça (6) para denunciar mais uma estelionato eleitoral que está sendo engendrado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Indignado, Dino disse que é “inacreditável que, por razões puramente eleitoreiras, o governo federal esteja adiando todas as definições econômicas para depois de 15 de novembro.”

Pelo tom do governador do Maranhão, Bolsonaro prepara um pacote de maldades para depois das eleições municipais.

Sem citar especificamente quem sem seria o beneficiário geral desse novo estelionato, nesta eleições, presume-se relação com a disputa de São Paulo. Esta semana, Bolsonaro anunciou apoio ao deputado Celso Russomanno.

Flávio Dino prosseguiu com seu inconformismo: “E ainda haverá 2º turno.”

“Desemprego, câmbio, inflação de alimentos, tudo vai ser solucionado em poucas semanas antes do Natal?”, questionou o descrente governador maranhense.”

Mas qual foi o primeiro estelionato eleitoral, se o Bolsonaro comente “mais uma” fraude?

Ora, a própria eleição dele em 2018. Foi o primeiro estelionato eleitoral de Jair Bolsonaro em âmbito nacional, segundo o governador Flávio Dino.

Compartilhe agora