Fla venceu o Vasco de virada, 2 a 1, no Clássico dos Milhões

Léo Pereira e Bruno Henrique garantiram a vitória do Flamengo por 2 a 1, no Clássico dos Milhões, neste sábado (10).

Flamengo venceu o Vasco por 2 a 1 na tarde deste sábado (10), no estádio São Januário, em jogo válido pela 15ª rodada do Brasileirão.

E foi de virada que o Rubro-negro carioca bateu o Vasco fora de casa.

No primeiro tempo, Thalles Magno, do Vasco, abriu o placar logo aos 9 minutos do primeiro tempo.

No segundo tempo, o zagueiro Léo Pereira, de cabeça, igualou o placar, aos 48 minutos. Bruno Henrique, aos 70, marcou mais um gol e garantiu a vitória do time Rubro Negro.

Com o resultado, o Flamengo chegou a incrível marca, de 16 jogos sem perder o Clássico dos Milhões.

Após a vitória, o Fla conquista 27 pontos e se iguala ao líder, Atlético-MG, que jogará contra o Goiás, ainda hoje (10).

Por outro lado, o time Cruzmaltino não vence há 5 partidas pela competição nacional. O Vasco estacionou nos 18 pontos, em 10º lugar, mas ainda poderá perder algumas colocações até o fim da 15ª rodada.

Próximos Jogos de Vasco e Flamengo

A próxima partida do Vasco será diante do Internacional, somente no domingo (18), às 18h15.

Já o Fla vai enfrentar o Goiás, em casa, na terça-feira (13), às 18h.

Ficha Técnica Vasco x Flamengo

Competição: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 10/10/2020

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Flavio Rodrigues de Sousa

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Cartões amarelos: Cayo Tenório e Talles Magno (Vasco); Diego, Thiago Maia, Bruno Henrique, Léo Pereira e Vitinho (Flamengo).

Gols: Talles Magno, aos nove minutos do primeiro tempo; Léo Pereira aos 48 minutos e Bruno Henrique aos 70 minutos do segundo tempo.

Vasco: Fernando Miguel; Cayo Tenório (Vinícius), Miranda, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Marcos Júnior, Carlinhos e Benítez; Talles Magno (Guilherme Parede) e Cano. Técnico: Alexandre Grasseli.

Flamengo: Hugo Souza; Matheuzinho, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia e Diego (Michael); Gerson (Vitinho), Pedro e Bruno Henrique. Técnico: Domènec Torrent.

Compartilhe agora