Edmilson Rodrigues consolida liderança em Belém com 38%, diz Ibope

O candidato da frente de esquerda (PSOL, PT, PCdoB, PDT, Rede) à prefeitura de Belém, Edmilson Rodrigues, consolida a liderança em nova rodada de pesquisa de intenções de voto do Ibope divulgada neste sábado (24).

Números em Belém:

– Edmilson Rodrigues (PSOL-PT) tem 38%;
– Priante (MDB) com 15%;
– Thiago Araújo (Cidadania) 8%;
– Delegado Federal Eguchi (Patriota) 7%;
– Vavá Martins (Republicanos) 7%.

Outros candidatos estão embolados na parte de baixo da pesquisa:

– Cassio Andrade (PSB) 4%;
– Gustavo Sefer (PSD) 3%;
– Mario Couto (PRTB) 1%;
– Guilherme Lessa (PTC) 1%.

Dez por cento dos eleitores dizem que vão votar em branco ou nulo, enquanto 5% estão indecisos ou não responderam. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos

Edmilson – que tinha 39% na pesquisa anterior – oscilou dentro da margem de erro. Priante cresceu acima da margem de erro, mas tem a maior rejeição entre todos os candidatos (35%). Na pesquisa espontânea, a vantagem do candidato do PSOL sobre o segundo colocado é de 21 pontos – 32% a 11%. Já na simulação de segundo turno, Edmilson tem 50% das intenções de voto, contra 30% de Priante.

“Recebo os números do Ibope com calma e serenidade. Eles refletem uma situação momentânea e a metodologia aplicada”, escreveu Edmilson, no Twitter. “Temos sentido o crescimento da nossa campanha nas ruas. Seguimos com a mesma humildade, os pés no chão e muita fé em que o melhor está por vir.”

MAIS SOBRE AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020:

Eleições Rio: Artistas e intelectuais lançam manifesto pelo voto em Benedita

Datafolha: Russomanno, candidato de Bolsonaro, derrete e Boulos avança

Paraná Pesquisas confirma liderança de Manuela D’Ávila em Porto Alegre

A margem de erro da pesquisa é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Foram ouvidos 602 entrevistados. O número de identificação na Justiça Eleitoral: Nº PA 04432/2020.

A pesquisa foi contratada pela TV Liberal. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que uma probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Compartilhe agora