Delegado da Lava Jato é preso por suspeita de corrupção no Rio de Janeiro

O delegado da Polícia Federal do Rio de Janeiro, Wallace Fernando Noble Santos, foi preso sob a acusação de vender proteção aos grandes criminosos.

Wallace atuava na força-tarefa Lava Jato, sob o comando o ex-juiz Sergio Moro e ficou marcado pela operação de prisão do Almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, 76 anos.

O almirante possui uma enorme folha de serviços prestados ao país. Ele era o principal responsável pelo domínio que o Brasil passou a ter sobre uma fonte de energia relevante, a nuclear.

Segundo as denúncias contra o delegado, advogados atuavam como intermediários, vendendo proteção a empresários e repartindo a propina com policiais como Wallace Noble.

Triste fim da operação que desmantelou boa parte da soberania nacional a mando do Tio San.

Com informações do GGN.

LEIA TAMBÉM

Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, se entrega à polícia do Rio

Vídeo: Bolsonaro diz que tem ‘quase união estável’ com senador flagrado com dinheiro no ‘cofrinho’

[Vídeo] Bolsonaro comenta operação que flagrou senador com dinheiro no “cofrinho”

Senador que escondeu dinheiro no “cofrinho” deu emprego a Leo Índio, primo do Carluxo

Compartilhe agora