Corinthians: elenco principal está sem receber salário há dois meses

Dois meses e contando… Clube deve valores relativos a agosto e setembro aos jogadores do elenco profissional.

Em momento delicado no Brasileirão, na zona do rebaixamento após oito temporadas, o Corinthians está enfrentando problemas também fora de campo, e mais uma vez a diretoria do clube voltou acumular dois meses de atraso nos salários jogadores profissionais.

A informação, publicada inicialmente pelo site “Meu Timão”, foi confirmada pelo Corinthians.

Os salários atrasados são referentes aos meses de Agosto e Setembro.

  • O salário referente ao mês Agosto, deveria ser pago no quinto dia útil de setembro. 
  • O salário referente ao mês de Setembro, deveria ter sido pago em 7 de outubro.

Ambos os pagamentos não aconteceram ainda, e de acordo com a reportagem do site “Meu Timão”,  a assessoria de imprensa do Corinthians, informou que os  jogadores já estão cientes de quando será resolvido as pendências. 

Lembrando que, no início de setembro, o clube havia quitado três meses de salários em atraso, relativos a março, junho e julho, e disse que restava apenas o pagamento das férias para os jogadores.

Jogadores podem recorrer à Lei Pelé

A Lei 9.615/98, também chamada de Lei Pelé, é a legislação específica que prevê as normas gerais sobre a prática do esporte no Brasil, tratando de questões como o contrato de trabalho do atleta profissional e outros aspectos importantes sobre o tema.

Em resumo, com essa lei,  os atletas podem rescindir contrato unilateralmente a partir do terceiro mês de atraso salarial, situação que já ocorreu nesta temporada, mas, não houve ações de jogadores na Justiça do Trabalho.

Compartilhe agora