Ceará vence de virada e afunda o Coritiba na zona do rebaixamento

O Coxa abriu o placar no logo no começo do jogo com Rodrigo Muniz, mas Vinícius e Eduardo marcaram os gols que deram a vitória ao time cearense.

Na noite deste sábado (24), o Ceará venceu o Coritiba de virada por 2 a 1, na Arena Castelão, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida foi equilibrada. O gol relâmpago do Coxa não abalou o time cearense, que foi pra cima e conseguiu virar o resultado.

O Coxa teve boas chances de fazer mais gols, mas parou no bom goleiro do Ceará, Fernando Prass.

O time visitante abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo, com Rodrigo Muniz.

Mas 6 minutos depois, Vina, igualou o placar para o Ceará.

No segundo tempo, aos 6 minutos, Eduardo virou a contagem, garantindo então, a vitória do time cearense.

Com o resultado, o Ceará chega a quatro jogos de invencibilidade e dorme na 8ª posição, com 22 pontos.

O Coritiba afunda no Z-4. Atualmente tem 16 pontos, em 19º na tabela.

Próximos Jogos de Ceará e Coritiba

A próxima partida do Ceará é contra o Santos, na próxima quarta-feira, fora de casa, pela Copa do Brasil.

O Coritiba, por sua vez, enfrenta o Atlético-GO no próximo sábado, às 19h, no Couto Pereira pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha Técnica Ceará 2 x 1 Coritiba

Campeonato Brasileiro – 18ª rodada

Data: 24/10/2020 Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira (ambos de MG)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Alyson, Charles e Pedro Naressi (Ceará); Robson (Coritiba)

Gols: Rodrigo Muniz, para o Coritiba, aos 2 minutos do 1º tempo; Vinícius, para o Ceará, aos 8 do 1º tempo; Eduardo, para o Ceará, aos 6 do 2º tempo.

CEARÁ: Prass; Eduardo, Luiz Otávio, Eduardo Brock e Alyson; Pedro Naressi (Fabinho), Charles, Fernando Sobral (Lima), Vinícius e Léo Chú (Kelvyn); Cléber (Saulo Mineiro). Técnico: Guto Ferreira.

CORITIBA: Wilson; Matheus Sales, Nathan Silva, Sabino e William Matheus; Matheus Bueno (Ramon Martínez), Matheus Galdezani (Gabriel), Yan Sasse (Nathan) e Giovanni Augusto; Robson (Cerutti) e Rodrigo Muniz (Ricardo Oliveira). Técnico: Jorginho.

Compartilhe agora