Caso Flordelis: Justiça nega pedido de liberdade para 3 filhos adotivos da deputada

Marzy Teixeira, André Luiz de Oliveira e Carlos Ubiraci Francisco, três filhos adotivos de Flordelis dos Santos, tiveram seus pedidos de liberdade negados pela Justiça do Rio. Os três são acusados de envolvimento na morte do pastor Anderson do Carmo, assassinado em junho de 2019, com mais de 30 tiros, ao chegar em sua casa, em Pedotiba, Niterói. Flordelis é acusada de ser a mandante do crime.

O pedido foi negado pela juíza Nearis dos Santos. Ela disse que, nessa situação, todos eles são da mesma família “mostrando-se infactível a fiscalização de proibição de contato entre estes fora da prisão, como medida imprescindível à preservação da instrução criminal”.

Dois dos filhos de Anderson e Flordelis serão julgados como executores do assassinato do pastor: Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, filho biológico de Flordelis, e Lucas Cézar dos Santos de Souza, 18, filho adotivo.

LEIA TAMBÉM SOBRE O CASO FLORDELIS:

Caso Flordelis: Cármen Lúcia nega pedido de retirada de tornozeleira eletrônica

Flordelis, com tornozeleira, reza e diz que ‘volta por cima vai chegar’; veja vídeo

Flordelis, como os Bolsonaros, também opera as ‘rachadinhas’ em seu gabinete

Flordelis manteve relações sexuais com filho adotivo

Segundo a Justiça, todos os filhos de Flordelis que estão detidos não podem ter contato com a mãe e não podem ter contato entre si, por isso, cada um está em um presídio diferente.

A parlamentar utiliza uma tornozeleira eletrônica. A Comissão de Ética da Câmara de Deputados ainda não agendou a data do exame final do processo de cassação do mandato de Flordelis.

Compartilhe agora