Candidato mais rico do Brasil confirma candidatura após ser alvo de operação da Polícia Federal

Compartilhe agora

O candidato do PSL à Prefeitura de Pontal do Paraná, João Carlos Ribeiro, conhecido como o mais rico do Brasil, reafirmou neste sábado (24) sua candidatura.

Nas últimas horas, após uma operação da Lava Jato contra ele e o senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL), havia rumores de que Ribeiro tinha desistido de concorrer à Prefeitura que fica no Litoral do Paraná.

“Nossa campanha nunca parou”, afirmou o candidato. “Continuamos fortes rumo à vitória, vamos buscar o crescimento do nosso amado Pontal do Paraná”, assegurou João Carlos Ribeiro.

O candidato a prefeito publicou um vídeo em suas redes sociais atribuindo à mídia nacional notícias falsas de sua desistência.

João Ribeiro apareceu no vídeo ao lado vice Oséias Leal, do PV. Eles disseram que são candidatíssimos na eleição de 15 de novembro.

O Blog do Esmael abordou esse assunto durante uma transmissão ao vivo na última quinta-feira (22). Para esta página, as operações policialescas deveriam ser proibidas no curso do processo eleitoral porque elas ocorrem com o intuito de modificar a vontade do eleitor.

Assista ao vídeo de João e Oséias

Leia mais sobre o candidato mais rico do Brasil

Candidato a prefeito mais rico do Brasil tem R$ 1,5 bi em bens declarados no TSE

Collor é alvo de operação da PF que investiga esquema de corrupção em licenças ambientais no Paraná