Botafogo e Fluminense ficam apenas no 1 a 1 em clássico carioca

Compartilhe agora

No único jogo matinal da 13ª rodada do Brasileirão, Botafogo e Fluminense empataram em 1 a 1 neste domingo (4).

Botafogo e Fluminense empatam por 1 x 1, no jogo que iniciou às 11h, neste domingo (4), no estádio Nilton Santos, jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão. A partida foi equilibrada, o empate foi justo, mas ruim para os dois lados.

Com gol contra de Kevin após lance de bate e rebate na grande área botafoguense, o Flu abriu o placar aos 41 minutos do primeiro tempo.

Glorioso buscou a igualdade com Caio Alexandre, aos 27 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o ” Rei dos Empates,” Botafogo,  fica na zona da degola, é o 18º colocado com apenas 12 pontos.

Dos 13 jogos disputados pelo Alvinegro no Brasileirão, só quatro não terminaram empatados: na vitória sobre o Atlético-MG e nas derrotas para Vasco, Bahia e Internacional.

O Flu subiu uma posição e está provisoriamente em sexto lugar, com 18 pontos.

Próximos Jogos do Fluminense  e do Botafogo

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira.

O Fluminense enfrenta o Goiás fora de casa às 20h30.

Às 21h30, é a vez de o Botafogo receber o Palmeiras no Nilton Santos.

Ficha Técnica Botafogo 1 x 1 Fluminense

Competição: Campeonato Brasileiro.

Data: 04/10/2020 (domingo), às 11h (de Brasília).

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Árbitro: Anderson Daronco.

Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Leirson Peng Martins.

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira.

Cartões amarelos: Michel Araújo (FLU).

Gols: Kevin (gol contra), para o Fluminense, aos 41 minutos do primeiro tempo; Caio Alexandre, do Botafogo, aos 27 minutos do segundo tempo.

Botafogo: Diego Cavalieri, Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu, Rafael Foster e Victor Luis; Caio Alexandre, Rentería (Pedro Raul) e Rhuan (Ênio); Kalou (Warley) e Matheus Babi. Técnico: Bruno Lazaroni.

Fluminense: Muriel, Igor Julião, Nino, Matheus Ferraz (Digão) e Danilo Barcelos; Hudson (Caio Paulista), Dodi e Nenê; Michel Araújo, Fernando Pacheco (Yago Felipe) e Fred (Felippe Cardoso). Técnico: Odair Hellmann.