Botafogo bateu o Palmeiras por 2 a 1, em um segundo tempo cheio de emoções

Botafogo volta a vencer depois de 10 rodadas. Já o Palmeiras, perdeu a invencibilidade no Brasileirão.

Botafogo venceu o Palmeiras por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (7), em jogo pela 14ª rodada do Brasileirão.

Depois de um primeiro tempo que deu sono, Botafogo e Palmeiras retornam com tudo para os 45 minutos finais. Principalmente a equipe carioca.

Todos os gols foram feitos na segunda etapa do jogo, que foi eletrizante e cheia de emoções.

Pedro Raúl, abriu o placar para o Botafogo, aos 46 minutos e Caio Alexandre, ampliou para o Alvinegro, aos 53 minutos.

William descontou para o time do Palmeiras aos 77 minutos.

Além dos gols, Cavalieri defendeu pênalti de Willian, do Palmeiras, e garantiu os três pontos.

Com a vitória, o Botafogo chegou aos 15 pontos, é o 15º colocado, deixou a zona de rebaixamento e ainda deu fim à invencibilidade do time paulista no campeonato.

O Palmeiras, do outro lado da tabela, segue com 22 pontos e caiu para a quinta colocação.

Próximos Jogos de Botafogo e Palmeiras

A próxima rodada é de clássico para o Palmeiras, que enfrentará o São Paulo, sábado (10), às 19h (horário de Brasília), no Allianz Parque.

O Botafogo vai à Recife, na Ilha do Retiro, enfrentar o Sport, domingo (11), às 18h15 (horário de Brasília).g

Ficha Técnica Botafogo x Palmeiras

Data: 7/10/2020

Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)

VAR: Rafael Traci (SC)

Cartões amarelos: Guilherme Santos, Diego Cavalieri, Warley (BOT); Wesley, Jailson, Marcos Rocha, Lucas Lima (PAL)

Gols: Pedro Raul, do Botafogo, aos 50 segundos do segundo tempo; Caio Alexandre, do Botafogo, aos 4 minutos do segundo tempo; Willian, do
Palmeiras, aos 31 minutos do segundo tempo

Botafogo: Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; Rafael Foster (Kalou), Caio Alexandre (Sousa) e Honda (Rentería); Rhuan (Guilherme Santos), Matheus Babi e Pedro Raul (Warley). Técnico: Bruno Lazaroni

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Felipe Melo, Luan e Mayke (Gustavo Scarpa); Patrick de Paula (Ramires), Bruno Henrique (Zé Rafael) e Raphael Veiga (Lucas Lima); Wesley, Rony (Gabriel Veron) e Willian. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Compartilhe agora